Está na hora de produzir dados analíticos que demonstrem custo, resultados e satisfação do cliente.

Já vai bem distante o tempo em que a área de TI era apenas operacional, delegada aos porões e às salas mais distantes do coração nervoso da empresa. O alto nível de exigência do mercado, o grau cada vez maior de concorrência e a necessidade de mensuração de resultados, no entanto, fizeram com que ela ocupasse importante posição estratégica em todos os setores, da saúde à manufatura. Os resultados, hoje, precisam ser demonstráveis e os proventos justificados em diversas variantes. Cada vez mais, é preciso investir na produção de dados que demonstrem custo, resultados superiores e grau de satisfação do cliente.

Pesquisa do Gartner aponta aumento nos investimentos no setor para 2017 

O investimento em TI para a produção de dados analíticos já não é mais uma tendência, mas sim uma exigência do mercado atendida por cada vez mais corporações em todo o mundo. De acordo com o Gartner, os gastos globais nesse sentido devem crescer 2,9% em 2017 em relação a 2016, totalizando mais de US$ 3,4 trilhões.

O estudo mostra que as empresas líderes ou que pretendem liderar, investem em tecnologia para ampliar seus negócios, muitas delas reinvestiram em TI os custos cortados em outras áreas, de forma a dar conta da mudança de suas operações para a base digital, aumentando sua competitividade e, ao fechar o ciclo, reduzem os custos ao otimizar processos.

Aumento da competitividade com planejamento

A competitividade, no entanto, depende principalmente da produção de dados de resultados – uma ferramenta indispensável, inclusive, para a obtenção de novos investimentos e não apenas para medir o grau de sucesso da estratégia. É preciso vencer o velho hábito de mensurar a lucratividade apenas pelo volume de vendas e passar a medi-la também pela qualidade do serviço prestado e pelo grau de satisfação do cliente, procurando sempre melhorar sua experiência de consumo.

Estabelecer metas, portanto, é fundamental, mas é preciso também fornecer dados e informações que ajudem a corporação a cumprir estas metas ao mesmo tempo em que gera dados relevantes dos  resultados, que demonstrem outros detalhes das ações desenvolvidas em seus diversos aspectos. Para isso é preciso ter um sistema transacional eficiente, que colete todas as informações necessárias para o cumprimento dos objetivos e que gere métricas confiáveis e de qualidade competitiva.

Transforme os dados de resultados em um verdadeiro ativo da empresa 

Rapidez, qualidade, flexibilidade, baixo custo e satisfação do cliente refletem a capacidade de uma empresa de responder adequadamente às exigências do mercado através de inovações. A interação dos dados analíticos permite que as nuances dos processos sejam analisadas, que seja possível antecipadar as vontades dos clientes, bem como expõe pontos fracos e riscos levando a redução de custos reduzidos e resultados otimizados.

O investimento em TI, portanto, prevê não apenas a implantação de um sistema de coleta de dados e mensuração, mas em uma infraestrutura segura, ancorada em nuvem, resiliente e com alto desempenho paras as mais diferentes redes corporativas, com proteção contra as ameaças cibernéticas como os chamados Ransomwares ou sequestro de dados, por exemplo.

Dessa forma, ao otimizar seu sistema transacional para captar dados de resultados, é possível cortar custos, mesmo aumentando a qualidade de seus resultados – e transformar estes mesmos dados em um ativo da empresa, atraindo mais investidores.

Implementar soluções tecnológicas seguras e eficientes é dar mais competitividade ao seu negócio. Veja aqui como otimizar os custos dos processos da sua empresa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Enviar mensagem
Fale com o nosso especialista
Olá, como podemos ajudar?