O futuro dos negócios está na nuvem

Não há mais dúvida: a inteligência dos negócios definitivamente está na nuvem. Pelo menos é o que indica a AtScale, empresa especializada em BI, ao conduzir uma pesquisa com mais de 2.550 profissionais de TI de 1,4 mil empresas em 77 países. Este estudo, chamado de 2016 Big Data Maturity Survey – que contou com a parceria das empresas Cloudera, Hortonworks, MapR, Cognizant, Trifacta e Tableau – registrou um aumento significativo do uso de Big Data  no último ano, um acréscimo de 70% em comparação aos 59% registrados em 2015.

Quando a história é a hospedagem de dados analíticos a nuvem também é a preferida, com 53% de preferência entre os entrevistados e 14% deles com todos os seus dados baseados em nuvem. Do total, 72% afirmam planejar a implantação neste tipo de armazenamento no futuro. Já para 75% dos entrevistados o BI para Big Data, que já estava em alta em 2015, tornou-se o foco da carga de trabalho em 2016.

Em meio a tudo isso, um fator externo parece acelerar a tendência: a promessa do presidente americano Donald Trump de taxar em 35% todos os produtos fabricados no México e em outros países, pode acelerar as mudanças em TI, fazendo com que organizações procurem proteger seu capital concentrando seus investimentos em serviços.

No entanto, os planos de Trump ainda são vagos e não se tem certeza de como eles afetarão a área, já que muitas empresas americanas de hardware fabricam seus equipamentos no exterior, isso sem falar nos fornecedores de tecnologia que há anos fabricam seus produtos em países como a China.

A expectativa é que as organizações respondam com uma mudança ainda mais ampla e estratégica para os servidores baseados em nuvem, caso as propostas de Trump se confirmem. É esperar e ver – mas o mercado já se prepara para uma migração acelerada e em massa para a nuvem.

Então que tal começar a pensar em implementar novas soluções tecnológicas na sua empresa? Clique aqui e descubra como fazer isso de forma segura e eficiente através do nosso infográfico!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Enviar mensagem
Fale com o nosso especialista
Olá, como podemos ajudar?