Toda despesa é uma despesa de TI

Vivemos em tempos onde o sucesso da grande maioria das empresas, seus departamentos, funções e funcionários dependem cada vez mais da Tecnologia da Informação (TI). Isso faz com que todas as pessoas numa organização tenham um papel ativo na determinação de como os recursos de TI são usados para alcançar os objetivos da empresa.

Com os negócios se tornando cada vez mais digitais, é preciso criar colaboração e integração entre o setor de TI e os demais setores. Isso porque, se todos os setores dependem da tecnologia, todo orçamento passa a ser um orçamento de TI.

Nesse novo cenário, então, temos três questões chaves a serem levantadas:

  1. Como o orçamento de TI é afetado nos negócios digitais?
  2. Quais as oportunidades e riscos gerados pelo negócio digital?
  3. Como distribuir a responsabilidade do orçamento de TI na empresa?

1. Como o orçamento de TI é afetado nos negócios digitais?

A TI tem se expandido por todos os departamentos das empresas. E para identificar estes pontos de convergência entre a TI e os demais setores, é preciso, primeiro, mapear as tecnologias empregadas na empresa:

  • Tecnologia de Marketing digital – Aquelas usadas para atrair e manter clientes. Redes sociais, disparadores de e-mails, campanhas online são alguns exemplos.
  • Internet das Coisas (IoT) – Envolve sensores que podem estar nos produtos: equipamentos que informam períodos de manutenção, controlam o acionamento de aparelhos de ar-condicionado e da luz, etc.
  • Tecnologia Operacional – Equipamentos robóticos e de manufatura, aqueles diretamente ligados à produção.
  • Tecnologia da Informação – Responsável por funções administrativas como controle de estoque e CRM.
  • Tecnologia de Infraestrutura – Inclui segurança, integração, qualidade, fornecimento e manutenção do ciclo da informação.

A Tecnologia de Infraestrutura é responsabilidade da TI e permeia todas as outras. É o suporte do setor de Tecnologia da Informação para todos os outros setores, integrando e garantindo segurança às demais tecnologias que traz maior eficácia para todo o negócio.

2. Quais as oportunidades e riscos gerados pelo negócio digital?

Depois de analisar as tecnologias que fazem parte do seu negócio, é importante entender as oportunidades geradas por elas:

  • Desenvolvimento da marca através de maior presença nos meios digitais;
  • Pesquisa de mercado permitindo a oferta direcionada de produtos utilizando-se da base de dados;
  • Desenvolvimento de novos produtos;
  • Eficiência operacional pelo acesso a processos digitalizados;
  • Serviços de suporte ao cliente, expandidos através do suporte digital de produtos.

Essas oportunidades levam a resultados como aumento da fidelização do cliente e de fechamento de negócios, diminuição do tempo para se estabelecer no mercado e, consequentemente, do retorno do investimento e, ainda, melhor utilização  dos ativos da empresa.

Apesar das inúmeras oportunidades, alguns riscos são inerentes no processo de transformação do negócio para um negócio digital. Segurança, integração, qualidade, fornecimento e manutenção do ciclo da informação são os riscos conhecidos desta migração. São questões que não são pensadas pelos departamentos como o de marketing ou produção, mas que devem ser amparados pelo departamento de TI.

3. Como distribuir a responsabilidade do orçamento de TI na empresa?

A verdade é que a responsabilidade passa a ser conjunta, com a TI acompanhando de perto e dando suporte a cada um dos demais setores.

Afinal, com a capacidade de combinar as tecnologias num modelo único de negócio que oferece a percepção de valor agregado ao consumidor, é que se torna possível ser um negócio digital.

Agora que você já viu porque toda despesa é uma despesa de TI, veja como otimizar os custos dos processos da sua empresa no infográfico que preparamos.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Enviar mensagem
Fale com o nosso especialista
Olá, como podemos ajudar?